O que fazer em Aracaju - Pontos Turísticos e Dicas

Conheça Aracaju, a capital de Sergipe e se encante com as belezas naturais da região e com as atrações turísticas do estado.

Quando se fala em visitar o Nordeste brasileiro logo pensamos nos estados da Bahia, Ceará, Maranhão e Paraíba, poucos imaginam como primeira opção o estado de Sergipe. Porém passei a minha lua de mel em Aracaju e posso garantir que o estado de Sergipe é um estado belíssimo, cheio de belezas naturais e atrações turísticas interessantes até mesmo os visitantes mais exigentes. Para incentivar ainda mais brasileiros a conhecerem o estado, vou dar nesse artigo, dicas e explicar o que fazer em Aracaju caso encontre uma passagem aérea barata para a cidade.

Podemos começar nosso tour dizendo os motivos que me levaram a conhecer o estado, o primeiro motivo foi o preço. Apesar de o nordeste brasileiro ser bastante popular entre os turistas, Sergipe em sí não é, o que obriga os comerciantes da região a praticarem um preço menor para atrair mais visitantes. Posso dar diversos exemplos de preços diferenciados, como por exemplo um passeio de buggy que paguei apenas R$ 70,00 para mim e para minha esposa. Nossa hospedagem com as passagens aéreas ficaram 3 mil reais, isso levando em conta que eram 7 diárias em um hotel 4 estrelas. Se você quer economizar, se divertir e ainda conhecer o nordeste, o ideal é começar por Aracaju.

Se já te convenci a conhecer a cidade com o argumento anterior, listo agora alguns pontos turísticos que ao meu ver são indispensáveis para todos os visitantes.

Crôa do Goré

A Crôa do Goré é uma ilha (ou melhor um banco de areia) bastante famoso em Aracaju, fica a 10 minutos da Orla Por do Sol (outro ponto turístico), localizado no Rio Vaza Barris e possui uma estrutura completa para receber os turistas que visitam o local. O acesso só pode ser realizado através passeios de barco ou catamarã, que podem ser contratados na região.

Uma curiosidade sobre a Crôa do Goré, ela possui esse nome devido ao crustáceo com o mesmo nome (Goré) que vive na região, ele é tão abundante no local que para sentar no chão você vai ter que espantar muitos do local. As crianças em particular amam correr atrás dos bichinhos enquanto os pais se deliciam na água do rio.

Praia do Saco e o Mangue Seco

O que fazer em Aracaju - Pontos Turísticos e Dicas

Um dos melhores passeios da região é sem sombra de dúvidas a Praia do Saco e a visita ao Mangue Seco. Foi nesse dia que realizei o passeio de buggy nas dunas do Mangue Seco, uma paisagem única e maravilhosa. No local você encontra diversas mini atrações em cada parada que realiza, além disso pode conferir os cajueiros engolidos pelas dunas, que mesmo soterrados ainda sobrevivem. Como todo turista, aproveitei minha ida ao Mangue Seco para tirar uma foto minha nos coqueiros em que foram gravadas as cenas da novela Tieta do Agreste, de Jorge Amado.

A Praia do Saco fica a 65 km de Aracaju, já o Mangue Seco fica a 100 km da capital de Sergipe. Vale lembrar que se você perguntar a um morador da região qual a mais bela praia de Sergipe todos vão concordar que é a Praia do Saco. Uma curiosidade é que um dos pontos turísticos mais apreciados em Aracaju fica na realidade na Bahia, pois o Mangue Seco fina na realidade no estado da Bahia porém o acesso é mais fácil por Aracaju.

Orla de Atalaia

O que fazer em Aracaju - Pontos Turísticos e Dicas

Ao chegar em Aracaju possivelmente a Orla de Atalaia será seu primeiro passeio, por ser muito próxima dos hotéis da região, a orla é ponto certo para aquele primeiro passeio. Extremamente bonita e bem organiza a orla oferece aos turistas diversas atividades diferentes, possui quadras esportivas (tênis, futebol, basquete, vôlei e até pista de skate), feiras culturais, a bela Feira do Turista e, para mim, o melhor de todos — Projeto Tamar.

O Projeto Tamar merecia uma categoria própria, não só pelo seu belo trabalho de preservação das tartarugas marinhas, como também a conscientização e recuperação de espécies ameaçadas de extinção. Duas vezes ao dia o visitante pode visitar a sede do projeto e ver os biólogos alimentando os animais que se encontram no centro de recuperação.

É também na Orla de Atalaia (um pouco mais a frente), que você chega a Passarela do Caranguejo. Se você não visitar a Passarela do Caranguejo e tirar uma foto com o caranguejo gigante você não esteve em Aracaju. Para quem gosta de curtir a vida noturna, é aqui que vai curtir a sua noite, a maioria dos bares e baladinhas da cidade ficam aqui.

Para quem quer forró é música ao vivo, basta visitar o Bar Cariri. Se for sair para comer recomendo quase todos os restaurantes da região, comi alguns pastéis de vento, mas no geral a comida da orla é bem gostosa.

Xingó e Canindé de São Francisco

O que fazer em Aracaju - Pontos Turísticos e Dicas

O passeio que mais gostei de realizar foi a visita aos Cânions de Xingó, um local incrível, repleto de belezas e maravilhas naturais. Enquanto meu catamarã passava pela paredes gigantescas de pedra, era inevitável não sacar a câmera e realizar inúmeras fotos. Acredito que só nesse passeio devo ter realizado umas mil capturas.

Os Cânions são formados pelo curso do Rio São Francisco ao longo de milhões de anos, suas águas mansas foram rasgando as pedras até formas as esculturas que os turistas viajam milhares de quilômetros para admirar.

Esse passeio é bastante especial e por isso você deve reservar no mínimo um dia inteiro para conhecer a região. O passeio é tão popular que todas as empresas de turismo da região possuem algum pacote para o local, por isso é importante se informar na recepção de seu hotel sobre as empresas afiliadas, para assim encontrar os menores preços.

O passeio é feito em uma catamarã, e nele existe um bar, aproveita a vista para tomar alguns drinks e pedir alguns petiscos, pois o passeio é longo. No final o seu catamarã vai parar em uma região pré-definida para que os turistas tomem banho nas águas do Rio São Francisco e para os casais apaixonados, ainda existe a opção de um passeio de barco pela parte mais estreita do cânion.